Sistema de Saúde Português
congresso
Auditórios
Hospitais da Universidade de Coimbra
26 e 27 de Março de 2009
www.30anosSNS.org

                                  
Setembro 21, 2017  English (United States) Português (Portugal)
    Entrar 
PROGRAMAContinuados   Pesquisar

   

 

Dia 27 Março 2009, das 14h00 às 16h00, na Sala de Reuniões

     
     



Os Cuidados Continuados, Solidariedade Crescente
e a Indispensável e Moderna Iniciativa Social
 

Qual o futuro?
A rede de camas para cuidados continuados desenvolveu-se no últimos anos. Mas os observadores são perentórios: o rítmo é insuficiente para suprir as gritantes carências.
Se notarmos o papel importante da iniciativa social nesta rede, podemos concluir que mais energias podem ser libertadas e canalizadas para os cuidados continuados. Mas com que recursos?.
Qual o futuro?
 
Numa Mesa Redonda, moderada por um médico jornalista, os responsáveis pela aplicação da política do Estado e pelas instituições de natureza social, debaterão as soluções possíveis e os caminhos que poderão ser trilhados.

      
     
     
     

"Pobres, indigentes, orfãos e desprotegidos...» 
Históricamente a dimensão espiritual humana esteve sempre ligada à dimensão social. "Pobres, indigentes, orfãos e desprotegidos...» foram socorridos pelas Misericórdias desde o seu início. Hoje, pensar-se-ia que as funções das instituições de natureza social para assistência na doença e na necessidade, são uma obrigação do Estado. Mas o Estado não dispensa ele próprio, o recurso a uma rede social de proximidade, baseada no conceito solidário das instituições privadas de natureza social, que suprem carências de toda a ordem que se não limitam aos aspectos financeiros.
As instituições de solidariedade social são parcas de recursos, mas espanta ver como se desenvolveram e cresceram, assumindo a responsabilidade de uma grande parte da capacidade disponível para acolhimento em cuidados continuados e, também, da assistência na velhice.
Desta realidade, muitas vezes desconhecida, vai falar nesta mesa redonda Manuel de Lemos, Presidente da União das Misericórdias Portuguesas.

       
     

PROGRAMA

Moderador
José Manuel Antunes
dico, Director do Jornal Tempo Medicina

MESA DE DEBATE
Inês Guerreiro
Coordenadora da UMCCI Unidade de Missão para os Cuidados Continuados Integrados
Ana Figueiredo
Médica da Equipa de Gestão de Altas do CHC
Pedro Pardal
Enfermeiro da Missão dos Cuidados de Saúde Primários
Pedro Roldão
Administrador dos HUC Hospitais da Universidade de Coimbra
Manuel de Lemos
Presidente da União das Misericórdias Portuguesas
Caldas de Almeida
Conselho de Gestão do Grupo Misericórdias Saúde


CONVIDADOS DE HONRA

Rui Eugénio Ferreira Lourenço | Presidente da ARS Administração Regional de Saúde do Algarve

 

          Patrocinadores